Arquivo do mês: junho 2007

Consumo Consciente

Repense suas atitudes

Por: Esther Alcântara

Você já parou para pensar em como a atitude individual pode fazer diferença na vida do planeta? Pode-se começar com pequenas coisinhas e obter resultados grandiosos.
É só pensar sempre, pensar antes de qualquer atitude de consumo! Pensar, por exemplo, no que se compra e em como se compra, em como está embalado o produto que se quer comprar, em como será levado para casa (sacolas de plástico, por exemplo)… Claro que muitas vezes você terá de recusar a praticidade e abrir mão de sua comodidade, mas será em prol de algo muito maior que os seus minutinhos a mais para refletir, que o seu tempo gasto no planejamento das compras, que o peso da sacola não descartável que levará de sua casa ao supermercado… Sim, é preciso reduzir o consumo de plásticos, parar de colecionar sacolinhas de supermercado! Mas se você realmente ainda não consegue abrir mão delas, pense em reduzir o número, não aceite uma para cada produto. E só as aceite se for reutilizá-las em casa, para embalar o lixo, por exemplo. Mas não leve pra casa mais do que você realmente costuma usar. Já há supermercados que disponibilizam sacolas retornáveis, ou seja, de um material que possibilita que você a reutilize em sua próxima compra. E também há empresas estudando novas maneiras de se desfazer do lixo, maneiras não agressivas ao ambiente. Fique de olho nessas novidades!
E por que comprar frios, carnes e outros produtos em embalagens de isopor? Sabe-se que o isopor dificilmente é reciclado e que as empresas investem muito pouco em sua reciclagem; e elas nunca aproveitam o isopor usado em residências, além de exigirem quantidade próxima a uma tonelada do produto para pensar em reciclar. E, uma vez na natureza, o isopor se torna uma grande ameaça por vários motivos, até mesmo pela possibilidade de ser engolido em pedaços por peixes e tartarugas.
O plástico também é muito nocivo ao meio ambiente, mas pode ser reciclado com mais facilidade. Portanto, se usado com moderação, os produtos com embalagens plásticas são uma alternativa melhor na escolha de seus produtos, desde que você não se esqueça de encaminhá-las para reciclagem.
Então pense: por que não pedir para cortar os frios e as carnes em vez de comprá-los na bandejinha de isopor? Esqueça o isopor! Talvez você perca alguns minutos extras na fila da carne,  mas terá como recompensa um produto mais fresco e a satisfação de contribuir para uma grande causa, que com certeza já é sua desde que nasce neste planeta. Que tal se comprometer mais com ela e assumir sua parcela de responsabilidade pelas questões ambientais?
Sua nova atitude no supermercado será só um começo. A partir dela, naturalmente você começará a mudar, a pensar, a ter mais consciência na hora de consumir qualquer coisa. Vai passar a pensar sobre seu consumo de água, por exemplo:
“Se todos os habitantes de São Paulo fecharem a torneira ao escovar os dentes, todo dia será economizada água equivalente ao que cai nas cataratas de Iguaçu por nove minutos.
Consuma sem consumir o mundo em que você vive.” (Instituto Akatu – http://www.akatu.net/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=home)
Bem, mas a questão da água merece atenção especial, em um próximo artigo.
Até mais.

Dica: Conheça o Guia de Boas práticas para o Consumo Sustentável em:
http://mma.gov.br/port/sds/guia.html

Reciclagem

O que você acha de aprender a produzir papel reciclado em casa? Além de muito divertido, terá um papel original para seus cartões, embalagens… E a natureza lhe agradecerá.  Clique neste link e obtenha uma receitinha bem fácil: http://www.compam.com.br/fazerpapel.htm