CHIA – Uma sementinha do bem!

Muita gente pensa que a chia (Salvia hispânica L.)  é um alimento útil apenas nas dietas de emagrecimento, graças à fama que essa sementinha ganhou entre aqueles que brigam com a balança. Ledo engano! Esse grão (original do México e da Colômbia) é, sim, útil nesses casos, mas pode fazer bem mais que isso pela sua saúde, pois tem alto valor nutritivo – é uma semente riquíssima em Ômega 3 e 6, fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteínas – e auxilia no combate a diversas doenças.

A chia pode ser encontrada na forma de grãos, óleo ou farinha. Suas propriedades são conservadas mais intactas quando em forma de grãos, que podem sem consumidos com um pouco de água ou adicionados em sopas, sucos, vitaminas, bolos etc. Já o óleo, embora conserve os ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, tem a desvantagem de deixar de lado as fibras. Porém, é uma boa alternativa para temperar saladas e, até mesmo, colocar em sopas. Há também a farinha de chia, que pode também ser inserida na alimentação em sopas, bolos e outros pratos do dia a dia.

Veja, a seguir, alguns dos benefícios que ela oferece.

1 – É útil em dietas de emagrecimento – Por ser fonte de fibras solúveis, as quais formam um composto gelatinoso  no estômago, tornando a digestão mais lenta, aumenta a sensação de saciedade. Isso reduz o apetite, auxiliando também na manutenção do peso ideal.

2 – Auxilia no controle do diabetes – Seu alto teor de fibras contribui para o aumento da sensibilidade ao hormônio insulina, melhorando a glicemia após a refeição. As fibras fazem que a absorção dos açúcares pelo intestino seja mais lenta, e isso ajuda muito no controle da glicemia (açúcar no sangue).

3 – Reduz o risco de doenças  cardiovasculares – O sobrepeso, por si, já é fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Pesquisadores concluíram que o grão melhora a sensibilidade à insulina e reduz a gordura visceral, o que representa proteção contra doenças cardiovasculares.

4 – Possui ação anti-inflamatória – É fonte de ômega 3 (ácido linolênico), que combate inflamações. A revista Annals of Nutrition and Metabolism publicou em 2007 um estudo (AYERZA, R; COATES, W.) que indicou que a dieta com chia, na forma de grão ou óleo, aumenta os níveis plasmáticos de ácidos graxos ômega 3.

5 – Tem ação antioxidante –  Seus compostos bioativos combatem a ação dos radicais livres, os quais provocam algumas doenças e o envelhecimento precoce.

6 – Ajuda a controlar a pressão arterial, porque contém ômega 3, que auxilia no combate à hipertensão.

7 – Favorece o bom funcionamento do cérebro – A presença do ômega 3 também traz esse benefício, podendo melhorar a memória e reduzir sintomas de depressão e ansiedade.

8 – Promove boa saúde intestinal, combatendo a constipação  – Isso graças à boa quantidade de fibras que fornece.

9 – Boa fonte de proteínas vegetais – Recomendada, por isso, na dieta de atletas e pessoas vegetarianas.

Precisa de mais motivos para incluí-la na sua alimentação?

Eu já a consumo todos os dias para enriquecer meu café da manhã. Adiciono uma colher de sopa em um copo de água, espero  a mistura ficar gelatinosa e então bebo. Fácil assim!

 

(por Esther Alcântara)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s